dez 29, 2015 / by Ser e Pertencer / In Blog / Leave a comment

Calma, organização e atitude

 

Em tempo de crise são necessárias três reações: tempo para compreender a situação, inteligência para buscar o melhor caminho e coragem para seguir em frente”. Papa Francisco

Inspirada numa entrevista com o Papa Francisco que vi há algum tempo atrás resolvi escrever essa última mensagem de 2015. Gosto muito dos simbolismos que criamos para dar sentido à nossa existência. Sei que muitas pessoas não encontram sentido nos símbolos, e eu também já pensei assim. Hoje, no entanto, percebo que os símbolos são mapas que nos ajudam a encontrar caminhos e possibilidades quando os nossos olhos só estão perdidos nas nebulosidades.

Então, como o encantamento com símbolos faz parte da minha existência, escolhi uma mensagem de esperança para ser a última de 2015, um ano que foi árduo para muitos, confuso para a maioria, diferente para alguns e incerto para uma multidão. Um jovem perguntou ao Papa Francisco o que ele faz quando precisa enfrentar um grande problema. De forma singela, como é próprio dos sábios, o Papa respondeu que não se desespera, uma vez que as dificuldades não devem nos assustar por sermos capazes de superar a todas elas. Para Francisco precisamos de “tempo para compreender a situação, inteligência para buscar o melhor caminho e coragem para seguir em frente”. Tempo, inteligência e coragem. Nas palavras de Mussak, “paciência, organização e atitude”.

Virtudes que podem ser adquiridas diante das dificuldades e que exigem de nós apenas os limites dos nossos impulsos. É impressionante como é mais fácil desesperar e aumentar o tamanho das dificuldades. O tempo de espera modifica nosso olhar sobre o tamanho das situações e possibilita saber que caminho tomar para planejar a solução, o que resulta numa ação transformadora. Parece tão simples e tão perfeitamente possível encontrar posturas que nos levem ao amadurecimento e ao respeito à vida. É momento oportuno para reorganizar a vida!

 

Feliz 2016!

www.serepertencer.com.br

Your comment