maio 14, 2018 / by Ser e Pertencer / In Blog / Leave a comment

O medo de sofrer

Temos medo de sofrer como se a dor pudesse ser evitada em algum momento da nossa vida.

A existência implica na dor e na alegria de ser. Desejamos a alegria com todas as forças e vontades acreditando que somente a alegria será suficiente para que possamos descobrir a essência do viver. Então, sem pedir licença e como se a casa fosse dela, a dor aparece e nos deseja ensinar o quanto sua presença é valiosa para o nosso crescimento e amadurecimento.

A sensibilidade que a dor faz acordar, o despertar da consciência que a dor movimenta e a proposta de uma nova realidade que ela nos convida a enxergar são valiosíssimas para quem não tem medo de viver. Sim, medo de sofrer nada mais é do que o medo de viver. A vida contempla todas as dinâmicas de ser e estar no mundo. Deixar de vivenciar a fantástica harmonia da vida presente nos seus paradoxos, contradições, diversidade e oposições é deixar de acessar a essência de viver.

Não tenha medo de sofrer, pois quem deseja viver experimentará a dor e essa dor nos acordará, movimentará e nos mostrará uma nova realidade para que a vida continue circulando, acontecendo, sendo vida em nós. É tempo de perder o medo de viver para poder seguir experimentando o melhor que a vida tem para nós. Nossa evolução está em aprender a viver conforme a vida e não apoiado na nossa visão estreita de desejar o que nem sabemos ser o melhor. É tempo de deixar a vida viver.

Boa Semana!

Your comment