jun 9, 2018 / by Ser e Pertencer / In Blog / Leave a comment

Tristeza

A tristeza é um tipo de lamento e um sentimento nobre de quem percebeu que algo bom se transformou em ruim

A tristeza é repelida pela maioria das pessoas. Mas, esse sentimento nobre é um bom sinal de sanidade, clareza, lucidez e verdade, capaz de nos tirar da ilusão. Na maioria das vezes que estamos tristes é porque descobrimos algo em nossas vidas que era considerado bom, mas se transformou em ruim, gerando a sensação de lamento.

Além disso, a tristeza revela nossa fragilidade diante das forças de tudo que pode ser maior do que nós. As escolhas e decisões dos outros podem, por exemplo, serem mais fortes do que nossa vontade. Também podemos nos decepcionar em relação a confiança que depositamos em alguém. Essas situações fazem a tristeza se manifestar, uma vez que revelam a nossa vulnerabilidade diante de uma expectativa até então inabalável.

Ficar triste nos enfraquece, pois, o que acreditávamos antes era algo que nos fortalecia. Quando essa percepção, que nos mantinha fortes, desaparece, surge a nossa fragilidade e isso nos convida a repensar a nossa existência. Não é bom viver triste. Esse sentimento deve ser passageiro, ele deve surgir, nos ajudar e depois ir embora para que possamos voltar a nos encantar com a vida.

João Bosco canta em uma das suas músicas “o amor quando acontece a gente esquece logo que sofreu um dia”. Não somos convidados a viver de tristeza e sim aceitar sua chegada e deixá-la ir embora depois que ela cumpriu a sua missão reveladora.

Boa Semana!

Your comment